A Adaptação de um Clássico

trist livro tristão desenho

O livro Tristão e Isolda com 231 páginas tem a adaptação por Helena Gomes para a coleção “Os Meus Clássicos” da Berlendis & Vertecchia Editores, 2009. A ficha catalográfica diz literatura juvenil e tem ilustrações de Renato Alarcão, famoso por capas de livros. As ilustrações são lindas, a história tem páginas suficientes para desenvolver toda a trama original, mas peca em nivelar a inteligência do público por baixo: “…você nasceu em um momento de muita tristeza…por isso vai se chamar Tristão”.  Fora algumas dessas escolhas para a escrita, o texto mostra toda a parte romântica da história com a paixão entre Tristão e Isolda, e como ela se casa com seu tio, a paixão passa a ser proibida. Então mostra a parte política em que esse casamento evita uma guerra entre dois reinos. Mostra pouca fantasia, apenas fala das fadas, dos poderes mágicos da mãe de Isolda. Mostra a loucura da nobreza pelo poder. Apenas fala dos cavaleiros de Artur. E tem o desfecho nem tão feliz mas não tão triste como o original.

Vale a pena a leitura para conhecer um clássico que já se tornou filme, já inspirou outras histórias e tem uma introdução onde a autora conta de onde surgiu a história.

tris filme

Anúncios

Só em meio à multidão

jimmy

O livro ilustrado À Esquerda, À Direita (Turn Left, Turn Right) do Tailandês Jimmy Liao, com 124 páginas, conta a história de um rapaz e uma moça que sentem solitários, moram próximos, mas ele sempre vira à esquerda e ela à direita e nunca se encontram. As ilustrações ajudam a preencher as lacunas da história escrita com poucas frases. E sempre mostra o que acontece com os dois personagens.

vida

Por um momento em um dia de sol, eles se encontram, descobrem uma química e trocam números de telefones em pedaços de papel. (O livro foi lançado em 2007 no Ocidente, mas foi escrito em 1999). Uma chuva molha os personagens, seus papéis e dissolvem seus números, tirando a possibilidade de um reencontro. :/

umbrellas

O livro mostra a solidão das grandes cidades, em que todos vivem sozinhos no meio da multidão. Em que a falta de comunicação acontece mesmo entre as pessoas que estão próximas. Que mesmo se mudando do local onde acontece o sentimento de solidão, esse sentimento viaja dentro da pessoa.

O autor ganhou prêmios com essa história que foi transformada em filme e animação. Apesar de indicado como juvenil, a história é bem complexa, cada frase e seu desenho mostra significados que só um adulto pode entender.

Abandonados…

desisto

O #SpecialTips #30 é pra contar sobre os livros que eu abandonei esse ano, livros que vão embora sem ser lidos. 😦  A maioria eu ganhei ou troquei no Sebo; prefiro reler uma história que já conheço do que me arrastar numa leitura que não me empolga.

halide

Esse não me empolgou já no começo, e desisti nas primeiras cinquenta páginas.

mandarim

Adoro livros sobre o oriente, mas escrito por um ocidental não gostei.

mulher

O conto da mulher canhota tem até filme, mas eu penso que mais de 50 páginas deixa de ser conto e fica uma história pela metade, então não li o outro conto que tem mais de 80 páginas!

nell

O livro Nell também virou filme, e talvez por ter assistido, não gostei da primeira metade do livro.

oprah

Esse eu passei da metade, mas a autora parece não gostar da “personagem”, muito diferente da celebridade que aparece nas mídias.

mentiras

Então vamos ler coisas boas. =)

Para Sair da Bad ;)

HowTo GetThereFromHere

Baseado no Post do Blog Psicologia e Algo Mais, o #SpecialTips de hoje # 29 é uma dica para sair da Bad, aqueles dias em que tudo dá errado e você se sente a última pessoa do mundo, ninguém te ama, ninguém te quer… CHEGA!! Vamos melhorar esse astral com dicas de musicais, porque filme musical sempre anima, faz você levantar e dançar junto!!

Nº1: Musica boa, dança alto astral, romper com as hipocrisias e final feliz: Dirty Dancing

Nº 2 quebrando preconceitos, fazendo amigos e final feliz! Footloose!

Nº3: colocando todos no mesmo nível: Coraçao de Cavaleiro

Nº4: aproveitar enquanto está vivo! Curtindo a vida Adoidado!

Nº 5: Ninguém pode parar a felicidade! Hairspray!

Nº6: não desista do seu sonho: Flashdance

Nº 7: nunca perca a criança dentro de você! De Repente 30!

happy

Fora da Caixinha ;)

cinema club

O #SpecialTips #28 é sobre cinema. As pessoas se acostumam assistir sempre o mesmo canal, as mesmas cenas, os mesmos filmes. Venho apresentar LE CINÉMA CLUB.

O Clube Le CiNéMa é uma nova forma de assistir filmes online. Ele apresenta um filme de cada vez, selecionando-o por uma semana de graça. O Clube Le CiNéMa apresenta pérolas do cinema independente – obras de novos diretores, filmes raros e documentários selecionados. O Clube Le CiNéMa oferece listas de filmes escolhidos por verdadeiros cinéfilos. O Clube Le CiNéMa está baseado entre Paris e Nova York, mas tem olhos no cinema de todo o mundo. Você vai descobrir que existe histórias muito boas contada por cineastas de outros circuitos, que não Estados Unidos e America Latina.

Vale a pena observar fora da caixinha. 😉

cinema

 

Eu não sou cult!

Aspiring-Filmmaker-Now-You-Can-Make-a-Native-Ad-Movie-for-the-New-York-Timestela

O #SpecialTips #21 é sobre cinema. Eu selecionei algumas questões que eu vi na TAG sobre Filmes do canal Literalmente Vlogando.

Ultimo filme que assistiu: A Bela e a Fera

bela

Um filme para assistir sozinho: Amo ver filmes sozinha, porque detesto conversar durante uma projeção.

Um filme para assistir quando está chovendo: Drama. Um filme que me lembra um dia chuvoso: O Arco de 2005. Resenha Aqui.

arco
Um filme para passar enquanto você está fazendo outra coisa: filmes infantis.
Dois filmes para serem assistidos em sequência: Sob o Sol da Toscana e Comer, Rezar e Amar.
Qual é seu filme preferido no mundo? por me lembrar de uma fase boa, Dirty Dancing.

dirty-dancing-ritmo-quente_filmesonlinehdgratis.com

Qual é a sua cena preferida em algum filme? A cena em que Madonna aparece vestida socialmente e com o tigre no filme “Quem é essa Garota?”

filmes_7847_Garota01
Qual são seus três atores e atrizes preferidos? Vejo todos os filmes ruins: Tom Cruise, Matt Damon, Edward Norton. Julia Roberts, Anjelina Jolie, Tilda Swinton.

Qual é seu diretor preferido? James Cameron
Qual é o filme que te faz chorar preferido? Sou chorona e sempre choro em Ghost

Ghost_poster-51535
Qual é o filme que todo mundo odeia, mas você ama? Constantine, óbvio.

constantine
Qual é o filme que você odeia, mas todo mundo ama? comédias do tipo Borat, Se Beber não Case, etc.
Qual é sua animação favorita? A Noiva Cadaver

cadaver
Se você pudesse ver um filme pra sempre? Seria Avatar.

Avatar
Qual é o primeiro filme que viu no cinema? Edward Mãos de Tesoura de 1990.

tesoura
Qual filme mais estranho que já viu? Sempre Almodovar: A Pele que Habito.

A-Pele-que-Habito

Que fofo!! <3

anne

Decidi ler o livro porque a autora tem o nome da minha mãe: MAUD. =D Então este é o #SpecialTips #13

Anne de Green Gables é o livro da autora L.M. Montgomery e faz parte de uma série de vários livros. Em 480 páginas nesta edição de aniversário de 100 anos do selo Martins Fontes, ficamos conhecendo uma menina de cabelos “cor de cenoura” que foi adotada indevidamente no lugar de um menino. Num período em que as meninas deviam ser comportadas e quietas, Anne quebra todas as regras sendo eloqüente e sendo apenas ela mesma. Isso faz com que seja simpática sem ser chata. O livro mostra até sua adolescência, as amizades, as perdas, as decisões difíceis. Vi a indicação da série no canal da Jota Pluftz e assiti um episódio. ❤ Agora que li o livro pretendo assitir todos os episódios, apesar de discordar da aparência da atriz escolhida para a série.

Anne já virou filme,  filme para TV, mangá, quadrinhos, séries de tv, musical e parece que vai continuar por muitos séculos aquecendo coraçõezinhos por aí! ❤

Trechos do livro: “…achei que todos deviam estar me olhando com pena. Mas não perdi tempo e me imaginei usando o vestido de seda azul-claro…porque se é para imaginar, então que seja alguma coisa que valha a pena…” “Não sei porque, mas as coisas nunca são tão boas quando as inventamos uma segunda vez. Já reparou nisso?”  “…metade do prazer que á nas coisas é esperar por elas! …Mas creio que seria pior não esperar nada do que se decepcionar.” “Existem tantas Annes diferentes dentro de mim… se houvesse apenas uma Anne, seria tão mais confortável, mas aí eu não seria tão interessante.”

Quer resenha? Clique Aqui.