Meu conto favorito =)

O livro de contos Fundo Musical da autora francesa Françoise Sagan conta em 170 páginas 13 contos sobre a desilusão. No primeiro conto, a mulher que gosta de sua vida de casada têm a desilusão de pegar o marido na cama de outra. No segundo conto uma senhora da era vitoriana tem a desilusão de ver seu marido abrir mão de um duelo pela sua honra. La Futura é uma mulher da vida que tem a cidade na mão e pra salvar a vida do filho do Conde, encontra um camponês pra lhe tomar o lugar. A desilusão do conde é descobrir que vale menos que um camponês. O quarto conto mostra a desilusão de um jovem rico que é trocado por um trabalhador durante a guerra. Percurso mostra a cura da desilusão de um senhor que achava que somente as jovenzinhas poderiam lhe dar amor. O sexto conto mostra a desilusão de um homem ao ser deixado por sua segunda esposa da mesma forma que ele deixou a primeira. O sétimo conto mostra a desilusão das jovens casadoiras do século passado. O oitavo conto mostra as desilusões dos judeus que acham que tudo acabou. A Troca é o meu conto favorito, em que uma mulher está pra ser iludida e você quer alertá-la de que o bonito jovem vai roubar e fugir, mas tem uma reviravolta e a desilusão do riso final dele. O décimo conto é a desilusão de um casal que pensa em separação. O 11° conto mostra a desilusão de um morador de rua frente ao amor de uma mulher abandonada. O conto que dá título ao livro mostea a desilusão de um homem que sonha que a música pode salvá-lo. O último conto mostra a desilusão do marido que achava a esposa perfeita até descobrí-la uma esnobe.

Esse é o segundo livro da autora que leio e gosto da forma sarcástica como ela apresenta os defeitos dos personagens.

Anúncios

Liberado para alunos? =/

noite

O livro Noite na Taverna do autor nacional Álvares de Azevedo, é uma espécie de livros de contos de terror. Em 86 páginas temos cinco amigos mais o narrador que estão em uma taverna bebendo já algum tempo e resolvem contar histórias de loucuras de amor, do ato de fazer amor literalmente. E essas loucuras incluem amar uma moça e descobrir ser sua irmã (incesto); amar a mulher do seu “salvador” e traí-lo sequestrando a moça; amar a mulher do patrão e fazê-la cometer um crime; amar uma moça que morre e trazê-la de volta à vida (necrofilia).  Nenhuma das histórias termina bem, mas nenhuma delas pode ser verdade, já que todos sobreviveram a essas histórias absurdas, dramáticas e aterrorizantes. “…o sentido geral de todas elas é único: as paixões mais intensas são fatais e levam os amantes a todo e qualquer tipo de transgressão; os que não morrem delas viverão condenados ao remorso eterno…”

noite tav

Literatura da época do Romantismo brasileiro, narrativas que idealizavam a mulher amada como objeto de adoração e que misturam amor e morte, esse livro foi publicado em 1855. Vê-se no autor a influência européia na escolha dos nomes dos personagens, nos lugares onde se passam as narrativas e nas citações de poetas e filósofos estrangeiros. Já foram lançadas Hq e várias escolas já postaram trabalho de alunos do Ensino Médio sobre o livro. Minha opinião: muito drama, pouca história. Existem livros mais interessantes desse período pra indicar aos alunos.

hq noite.png

Mesmo Título, outras histórias

quarto azul

Um livro de contos adorável, perfeito pra ler nessa época natalina em que todos parecem precisar aquecer o coração, trocar presentes, ficar em família. O livro o Quarto Azul e Outras Histórias da autora Rosamund Pilcher, de 1985 com 300 páginas que parecem muito menos – de leitura rápida, com histórias sobre o cotidiano da família, as memórias e as lembranças. O melhor conto é Um Dia de Folga, onde a folga do marido, faz com que ele note que sua esposa não tem folga nunca. Um outro muito bom é O Natal da Senhorita Cameron, escrito em forma de boas lembranças. Fiquei fã da autora e quero ler seus outros livros.

Existem outros livros com o mesmo título de outros autores e um traz o subtítulo “inspirado no livro o quarto azul do autor…..”:

 

 

Novela ou Conto?

fantasma

O livro O Fantasma de Canterville do escritor Oscar Wilde, com 105 páginas, tem um subtítulo: uma novela e três contos. Qual o parâmetro que mede cada um?

NOVELA:
  1. 1.
    lit narrativa breve, maior do que um conto e menor do que um romance, e que se caracteriza por apresentar uma espécie de concentração temática em torno de um número restrito de personagens.

CONTOS:

  1. 1.
    lit narrativa breve e concisa, contendo um só conflito, uma única ação (com espaço ger. limitado a um ambiente), unidade de tempo, e número restrito de personagens.

Nesta edição da Série Reencontro numa adaptação de Rubem Braga temos a primeira história que dá nome ao livro contada em 38 páginas, portanto uma novela. Aqui uma família americana vai morar numa mansão inglesa onde mora um fantasma que costuma expulsar os inquilinos. Mas o coitado do fantasma sofre nas mãos das crianças. Até a vingança final.

A segunda história em 15 páginas é um conto fantástico onde foguetes (fogos de artifício) conversam com animaizinhos. Trecho do conto: “…Não deixarei de lhe falar só porque não me presta atenção. Gosto de me ouvir falar. É um dos meus maiores prazeres. Frequentemente passo muito tempo a conversar sozinho, e sou tão sagaz que às vezes não entendo uma única palavra do que digo.”

A terceira história é um conto de 21 páginas e conta aquelas histórias que tem uma lição de moral no fim: aqui se faz, aqui se paga.

A mais triste história é o conto final com 23 páginas onde um anão corcunda e deficiente não sabe que é feio até se ver num espelho e sofrer bullying da princesa que amava…e morre de coração partido

Vários filmes para o cinema e Tv foram adaptados; também histórias em quadrinhos e teatro. A primeira versão foi uma comédia em 1944 e o mais recente um drama de 1996.

 

…se sentindo incomodada :/

O que me incomodou….foi o título!! Porque não manter o título original: Três Histórias? Será por causa do conto do jogo de xadrez? Mas o importante ali não era o combate, ou ganhar, ou perder. Porque todos perdem no final.

Mas com certeza o livro Drei Geschchten, do autor Patrick Süskind com 86 páginas, vai se tornar o favorito do ano!!! Que delícia de leitura!! Livro pra ler em um só dia!!

Reclamações: um dos contos, sobre moluscos, é meio filosófico, com detalhes “técnicos” e tenho que ler novamente pra definir se vale a pena.

Trecho do livro: “O que vou te dizer agora é inaudito, e quando eu tiver aberto os teus olhos verás um mundo novo e não poderás mais continuar vendo como antes. Esse mundo novo será horrendo e angustiante. Não alimentes a ilusão de que possa restar qualquer esperança ou consolo para ti, a não ser que agora conheces a verdade e que essa verdade é absoluta.” “A ignorância não é uma vergonha: para a maioria dos homens ela constitui a felicidade.”

contos ou crônicas?

86429_hospede-na-sacada-um-44215_m2_635833637386658000

contocronica

Todos os contos/crônicas desse autor nacional Liberato Vieira da Cunha, no livro Um Hóspede na Sacada com 125 páginas, são muito bem escritos e interessantes! Gostei de vários contos – porque pra mim, são todos contos; não há nenhuma crônica neste livro. Um deles usei em uma mesa redonda da pós-graduação. É bom descobrir bons autores nacionais, mesmo que o autor que tenha cursado jornalismo na Alemanha, o que dá um toque irônico-nobre à sua escrita. Não tem a ginga e o humor escrachado do brasileiro. Indico e vou ler novamente. =D

Trechos do livro: “…mas não lerás os livros apenas para aprender coisas. Lerás porque são bons de ler; e porque neles tua própria vida se transforma em outra vida.”

“…e em cada sonho há um barco, uma praia, uma estrela. Em cada sonho há um pássaro que saúda o sol com uma canção e não há rei que a cale…”

Contos Universais

851795

A Coleção Para Gostar de Ler, nesta edição de 1988, foi uma das minhas séries favoritas quando criança. O volume 11 traz contos de autores famosos e o meu conto favorito foi A História de Keesh, do Jack London. SURPRESA! Só li um livro dele e não gostei, mas o conto é muito bom. Claro que tem Poe com seus suspenses, Maupassant com suas tragédias bem contadas. Recomendadíssimo. Leia a história dessa coleção. =)

Essa coleção da Ed. Atica, teve 47 volumes e vários autores, alguns desenhos e um suplemento de estudos para ajudar a analisar os textos.