5 AUTORES MAIS LIDOS DA ESTANTE

autores

Vi o video da Bruna Miranda e resolvi ver quais autores eu leio mais. Como ela mostrou, os autores que lançam livros em séries saem na frente, porque se eu gostei de um, vou ler o próximo. Então li os sete da J.KRowling:

HarryPoterBooks

  1. Harry Potter e a Pedra Filosofal, (1997)
  2. Harry Potter e a Câmara Secreta, (1998)
  3. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, (1999)
  4. Harry Potter e o Cálice de Fogo, (2000)
  5. Harry Potter e a Ordem da Fênix, (2003)
  6. Harry Potter e o Enigma do Príncipe, (2005)
  7. Harry Potter e as Relíquias da Morte, (2007)

Li os cinco da lenda de Musashi , escrito por Eiji Yoshikawa . Ele dividiu sua obra em sete livros: A Terra, A Água, O Fogo, O Vento, O Cêu, As Duas Forças e A Harmonia Final. Destes, os cinco primeiros são uma referência ao gorin, os cinco elementos básicos que se compõe, segundo o Budismo, toda e qualquer matéria, ou ainda os ciclos por que passa o espírito humano para alcançar a perfeição.

musashi

Tenho seis livros da Ellis Petters, mas já li outros das Cronicas de Cadfael:

chronicles

Do autor George R. R. Martins tem as Crônicas de Gelo e Fogo, que parece infinita, li os cinco livros:

A Gerra dos Tronos -1996

A Fúria dos Reis – 1998

A Tormenta de Espadas – 2000

O Festim dos Corvos – 2005

A Dança dos Dragões – 2011

As_Crônicas_de_Gelo_e_Fogo_livros

A série do Romain Rolland, que tem suas 2200 páginas de história distribuidas em três volumes no Brasil, mas em outros países são os cinco livros separados – Jean Christophe:

jean-christophe-romain-rolland-vila-nova-de-gaia

 

Boas dicas de leitura! 😉

 

 

Anúncios

Desafio #SpecialTips

Vi esse desafio num blog há muito tempo; me parece que o nome era “Monica e os Livros”. a autora dava dicas de livros e filmes durante um mês. Quero tentar isso no mês de agosto. =)

Então o número um começa hoje.

#1  #SpecialTips de hoje é um livro policial.

4_DE_JULHO__1312843600B  murder

Esse livro 4 de Julho do autor James Patterson nos conta mais uma aventura de sua famosa criação: o clube das mulheres contra o crime. Em 207 páginas vemos uma policial ser acusada de se defender e atirar em marginais adolescentes (é, isso acontece nos Estados Unidos também). E é afastada da corporação. Em seu “descanso”, resolve se envolver na investigação de outros crimes. Um serial killer deixando suas marcas nas vítimas. E aí começa os clichês: no começo as vítimas não tem nada que as incrimine até que se mostram não tão inocentes; o autor nos mostra o lado ruim de várias pessoas, para que os coloquemos na lista de suspeitos -e eles não são; ele mostra pessoas adoráveis que se mostram diferentes no final. Outro problema: um final inverossímel, que não prova coisa nenhuma -só que os assassinos são psicopatas e nada faz sentido.  Nesse livro vemos as quatro personagens do Clube das Mulheres Contra o Crime; elas investigam casos que são mais rapidamente desvendados pela habilidade feminina de entender a psicologia do crime. As personagens chegaram também a ganhar uma série na TV chamada Women’s Murder Club, que só durou uma temporada no canal Fox. Também foram protagonistas de um game desenvolvido para as plataformas do PC, X-Box e Nintendo DS. O escritor Andrew Gross colaborou com Patterson em dois livros da série. Hoje, porém, os livros são co-escritos por Maxine Paetro.

Já li outros livros dele, mas acho que são apenas passatempo. Nada profundo. Assisti alguns episódios da série e achei muito bom.

Quer resenha? Clique Aqui.

 

 

Ler aos poucos

z

Finalizar séries é complicado. Aparece algum livro que vai ser lido na frente e se não houver um planejamento, uma disciplina, eu não consigo me organizar pra ler. Consegui ler mais dois livros da série Musashi. Ele foi um samurai, considerado herói no Japão. Mas o livro não é uma Biografia. O jornalista e autor do livro Eiji Yoshikawa, escreveu baseado nos escritos do próprio personagem. O livro O Fogo, com 229 páginas, continua com os desencontros entre Musashi e a linda e doce Otsu. Também há muitos duelos. O livro O Vento com 329 páginas, finalmente Musashi encontra Otsu, mas o destino ainda não deixa que os dois fiquem juntos. Há um combate épico, muito bem descrito. Estou lendo em e-book, mas há novas edições sendo lançadas. Recomendadíssimo, pra quem curte mangá, sagas épicas, história medieval, uma pitada de romance, mas nada muito doce.

musashi

Quer resenha? Clique Aqui.

cover

O mangá Vagabond foi baseado na história desses livros. E tem até página no Facebook. Também foram lançados vários filmes sobre a saga de Musashi.

Samurai_II_Duel_at_Ichijoji_Temple_poster

 

 

 

THANKS, YA! =)

O que é Utopia? conforme o Dicionário Essencial da Língua Portuguesa, 1. Qualquer lugar visto como de perfeição ideal. 2. Qualquer aspiração, idéia ou projeto fantástico  e impossível de realizar.

A série de livros do autor Scott Westerfeld é conhecida como distopia. Seria o inverso de Utopia? Não achei. 😀

Li apenas os dois primeiros. Após um livro tão dramático, resolvi ler algo leve, thanks YA! Acho que os Young Adults existem pra isso: leitura fácil e rápida. O primeiro livro Feios, com 348 páginas, conta a história de pessoas que moram em uma vila de feios e que querem viver numa cidade onde moram os Perfeitos, que acontece aos 16 anos. Isso é utopia numero 1. Alguns personagens não querem obedecer, querem criar uma nova vila: nem entre os feios, nem entre os perfeitos. Claro que terão várias idéias e projetos para burlar o sistema. Isto é utopia número 2. O livro é uma aventura, com máquinas futuristas e muita diversão radical entre os adolescentes dois dois lados.

E aí vamos esticar a história que não precisava disso, e o livro Perfeitos com 308 páginas me deu muito mais do mesmo e aparece um romance meio superficial… acho que o autor deveria ter contado tudo em apenas um livro. :/

A tradução é horrível, a revisão deixa a desejar, e não acho recomendável pra adolescentes em formação. Eles não vão prestar atenção no lado político nem na “moral da história”, só vão desejar ser livres pra beber álcool e viver eternamente em festas sem a supervisão de adultos. :/

Quer resenha? Clique Aqui. 

MUITOS PROJETOS

Esse é o problema quando se dedica a vários projetos ao mesmo tempo: um deles fica prejudicado, no meu caso, o blog.

Terminei de ler “O Estranho caso do Cachorro Morto”, indicação de Tatiana Feltrin.

A história é muito boa, li em apenas um dia. É um livro de mistério em que a solução não é o mais importante!

 

Li jogos Vorazes também em um dia: agora sei porque não gostei tanto do filme: fiquei perdida em algumas cenas. Mas o livro tirou minhas dúvidas e quero ler a série, com certeza!

Falando da série Teen “House of Night”: parei! O que é aquilo? Metade de cada livro repete a história anterior! é como se não acabasse nunca! Desisti.