De onde viemos…de verdade? :/

origem

“A ORIGINALIDADE CONSISTE EM VOLTAR ÀS ORIGENS.” Antoni Gaudi

O livro Origem de Dan Brown, é uma volta aos suspenses de conspiração religiosa, como ele se tornou mais conhecido em outras partes do mundo. A capa do livro (Michael J. Windsor) remete à  várias citações : um olho, muito citado no livro, uma escada espiral, a cor azul internacional Klein (evoca imaterialidade e ilimitabilidade), a espiral de Arquimedes, a sequência de Finabonacci, a abertura do órgão feminino, o símbolo arroba (@).

Esse livro conta a história de um ateu que resolve provar de onde a vida se originou, usando a mistura de ciência e tecnologia. E para isso ele usa a intenet pra espalhar notícias, falsas e verdadeiras e tornar o evento de falar sobre suas descobertas, um show de tecnologia.

A pesquisa de Dan Brown sobre os diversos assuntos tratados no livro é, no mínimo, curiosa. Ele fala de religião, mais profundamente sobre uma vertente da católica. Ele fala muito sobre Arte, talvez por ser casado com uma artista. Ele fala muito sobre pesquisas científicas, alienígenas e sobre tecnologia e William Blake. Consegue misturar isso tudo num esquema de gato-e-rato dos personagens principais -o famoso Professor Langdon e sua parceira uma jornalista- com a família real espanhola!!!!

Parece um roteiro de filme de aventura e acho que vai funcionar muito bem para um cinema. O texto é todo sobre uma revelação, religiosos querendo esconder essa revelação, e não há um verdadeiro motivo pra isso, então o autor decide mudar o final -como uma opção alternativa- e todas as teorias do possível motivo, não acontecem e um personagem até diz algo como ” fiz tanto pra que o comunicado oficial dele não viesse à tona, e ele mudou o comunicado.”

Trechos do Livro: “…ciência e religião não competem, são duas linguagens diferentes tentando contar a mesma história.” “…parecia algo saído de uma alucinação alienígena: uma colagem rodopiante de formas metálicas retorcidas…massa caótica era coberta por mais de 30 mil placas de titânio que brilhavam como escamas de peixe…”

“…apesar de todos os esforços do seu Vaticano para silenciar homens como Galileu, a ciência dele acabou prevalecendo.” “Michelângelo é o padrão de ouro concebendo o Davi brilhantemente num contraponto efeminado , o pulso frouxo segurando uma funda flácida, revelando uma vulnerabilidade feminina…A obra é ao mesmo tempo delicada e mortífera.”

atalho pans

“…um mundo cujas leis físicas tornam as coisas aleatórias , e não organizadas…devo admitir que a existência da vida é o único misterio científico que já me levou a pensar  na idéia de um criador.” “Percebi que nosso planeta estava sendo habitado por uma coisa muito maior…rotulada como um reino inteiramente novo.”

deborah jäger

origem

Anúncios

Arte-Educação

navio20171005_01_lasar-segall

O livro Navio das Cores tem em 55 páginas a história da vida do pintor Lasar Segall contada pelo escritor Moacyr Scliar. O Personagem quando criança veio com os pais judeus, da Russia para o Brasil. O pintor na realidade veio depois de adulto, mas não tira o que a história quer mostrar: o Brasil sempre foi um país acessível aos imigrantes e eles conseguem se sentir em casa aqui. O menino da história é um pintor e através da história dele, feita de gravuras e reproduções das obras do verdadeiro pintor, conhecemos o modernismo e o surrealismo. Nas últimas páginas, informações sobre o autor da história e sobre o autor das obras.

TUDO MENOS LIVRO! =)

Essa Tag eu vi no canal do YouTube Sociedade dos Autores Vivos.

thunder

1) Fale sobre quais desenhos animados você gosta

Gostava mais quando era criança: Cavalo de Fogo, ThunderCats, Caverna do Dragão, Smurfs.

2)Qual sua música favorita no momento?

Meghan Trainor – Dear Future Husband

3) O que você faz por horas, que não é ler?

Arte com objetos descartados 😉

4) Diga uma coisa que você ama e seu seguidores irão se surpreender em saber

Assistir filmes alternativos ❤ e documentários sobre Arte

Le cinema

5)Qual é a coisa desnecessáriamente especifica que você gosta de aprender?

Artesanato, caligrafia, jardinagem, jogar games, fotografia, idiomas…

6)Qual é coisa diferente/bizarra que você sabe fazer?

Máscara de Carnaval de Papiè Machè =D

7)Conta uma coisa que você fez/criou no ano passado (se puder, mostre!)

Meu Livro 🙂

enigma

8)Qual é o seu mais recente projeto pessoal?

Participar do NanoWrimo para finalizar meu outro livro.

9)Diga algo que você pensa com frequência

Uma oração em árabe

bismillahirrahmanirrahim-arabic-i121

10)Conte uma coisa favorita sua, bem especifica.

Minhas “agendas” da adolescencia 😉

agendas

11)Por último, diga a primeira coisa que vem a sua mente!

LIVROS!!  =D e comida, hhhh

Livro Ilustrado ou Infantil?

raul

Livro ilustrado é sempre livro infantil? Na própria contracapa deste, tem uma informação contradizendo a ficha catalográfica:

ficha

O livro infanto-juvenil “Raul Taburin” do ilustrador francês Jean-Jacques Sempé, ambienta em 92 páginas a história do consertador de bicicletas Raul, que não sabe andar nelas, só consertá-las. Ele tenta dizer às pessoas do seu problema com as bicicletas, mas ninguém o ouve. A falta de equilíbrio sobre duas rodas, traz a falta de comunicação com as pessoas que moram em sua vila. Um dia um fotógrafo, muito falante -o oposto do Raul- pede pra tirar uma foto dele de bicicleta e juntos mostram que as coincidências fazem os grandes amigos. E juntos vão guardar um grande segredo. 😉 As ilustrações são simples e fantásticamente detalhadas!

Trechos do livro: “Ele gostava do pão quente que comprava no caminho. Se deixasse de lá as inquietudes existenciais e as angústias metafísicas, poder-se-ía dizer que era feliz.”

Só em meio à multidão

jimmy

O livro ilustrado À Esquerda, À Direita (Turn Left, Turn Right) do Tailandês Jimmy Liao, com 124 páginas, conta a história de um rapaz e uma moça que sentem solitários, moram próximos, mas ele sempre vira à esquerda e ela à direita e nunca se encontram. As ilustrações ajudam a preencher as lacunas da história escrita com poucas frases. E sempre mostra o que acontece com os dois personagens.

vida

Por um momento em um dia de sol, eles se encontram, descobrem uma química e trocam números de telefones em pedaços de papel. (O livro foi lançado em 2007 no Ocidente, mas foi escrito em 1999). Uma chuva molha os personagens, seus papéis e dissolvem seus números, tirando a possibilidade de um reencontro. :/

umbrellas

O livro mostra a solidão das grandes cidades, em que todos vivem sozinhos no meio da multidão. Em que a falta de comunicação acontece mesmo entre as pessoas que estão próximas. Que mesmo se mudando do local onde acontece o sentimento de solidão, esse sentimento viaja dentro da pessoa.

O autor ganhou prêmios com essa história que foi transformada em filme e animação. Apesar de indicado como juvenil, a história é bem complexa, cada frase e seu desenho mostra significados que só um adulto pode entender.

“Cada Traço é Único.” <3

O livro O Coração do Pincel de Kazuaki Tanahashi, com 156 páginas, fala sobre a arte, poesia, escritos, idéias e vivências desse artista que gosta de inovar provocando os críticos de sua arte. Ele descreve de forma poética, como o observador da arte deve pensar e sentir para entender o processo do artista, não apenas ver a arte. Ele achava que a beleza era um obstáculo à arte.

Trechos do livro: Esse trecho mostra o quanto ele era irônico o que sua arte representa para as pessoas: “O gerente de hóspedes do mosteiro zen em Tassajara, California, telefonou-me um dia: “Acabamos de notar que a pintura do círculo que você nos deu tem escrito, no verso, o seguinte título: ‘Quadrado’. Você fez de propósito ou foi um engano?” “Ah, não me lembro”, repliquei. “Mas acho que é um título fantástico. Por favor, mantenha-o.”

“Numa pintura de um só traço não há muito espaço para a composição. Apenas desenhe uma linha em qualquer ponto de um pedaço de papel. Restam ainda assim, vastas possibilidades do que pode vir a ocorrer, dependendo do quanto o pincel ficou embebido de tinta…”

“A pintura sem espaço negativo é como música sem silêncio. Para que a música tenha intensidade, a parte silenciosa deve ser bem executada…”

circulos

Para Sair da Bad ;)

HowTo GetThereFromHere

Baseado no Post do Blog Psicologia e Algo Mais, o #SpecialTips de hoje # 29 é uma dica para sair da Bad, aqueles dias em que tudo dá errado e você se sente a última pessoa do mundo, ninguém te ama, ninguém te quer… CHEGA!! Vamos melhorar esse astral com dicas de musicais, porque filme musical sempre anima, faz você levantar e dançar junto!!

Nº1: Musica boa, dança alto astral, romper com as hipocrisias e final feliz: Dirty Dancing

Nº 2 quebrando preconceitos, fazendo amigos e final feliz! Footloose!

Nº3: colocando todos no mesmo nível: Coraçao de Cavaleiro

Nº4: aproveitar enquanto está vivo! Curtindo a vida Adoidado!

Nº 5: Ninguém pode parar a felicidade! Hairspray!

Nº6: não desista do seu sonho: Flashdance

Nº 7: nunca perca a criança dentro de você! De Repente 30!

happy