Indicação de Livros

info

Sem se apegar tanto às regras, vamos escolher cinco categorias para indicar livros.

*ROMANCE: O romance histórico é um tipo de romance que mistura história e ficção, reconstruindo ficticiamente acontecimentos, costumes e personagens históricos, reais ou não, podendo ter envolvimento amoroso entre personagens, mistérios, drama. Então vou indicar um que não se passa em um tempo tão remoto – que são os meus preferidos – mas se passa no período da Guerra Civil Espanhola (1936-1939), O Tempo Entre Costuras de María Dueñas.

O-Tempo-Entre-Costuras

*DRAMA: pode ser descrito como qualquer narrativa no âmbito da prosa literária em que haja conflito, acontecimentos complicados, difíceis ou tumultuosos que cause dano, sofrimento ou dor. Ou seja, um livro que te deixa triste. Crime e Castigo do Dostoiévski é um belo exemplar de como a pobreza, a desilusão, o desespero podem fazer o ser humano ter atitudes extremas.

crime

*FANTASIA: gênero da ficção em que acontecem fenômenos sobrenaturais, mágicos e outros como um elemento primário do enredo, tema ou configuração. Muitas obras dentro do gênero ocorrem em mundos imaginários onde há criaturas mágicas e itens mágicos, podendo se misturar com o mundo real. Trilogia em que o segundo é ótimo, O Temor do Sábio do Patrick Rothfuss.

sabio

*SUSPENSE: é uma narrativa tensional que causa um tipo de ansiedade popular produzida por uma narração enigmática que adia ou estende a resolução, estressando através dos atos hesitantes e seus efeitos estéticos. Melhor representante da categoria é Heresia da S.J.Parris.

HERESIA

*INFANTIL: livros com personagens que mostram licões de vida ou de ajuda para os problemas infantis. Ou apenas diversão 🙂  Na infância os meus favoritos eram os livros da Condessa de Ségur.

sofia 1

 

 

 

Anúncios

5 AUTORES MAIS LIDOS DA ESTANTE

autores

Vi o video da Bruna Miranda e resolvi ver quais autores eu leio mais. Como ela mostrou, os autores que lançam livros em séries saem na frente, porque se eu gostei de um, vou ler o próximo. Então li os sete da J.KRowling:

HarryPoterBooks

  1. Harry Potter e a Pedra Filosofal, (1997)
  2. Harry Potter e a Câmara Secreta, (1998)
  3. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, (1999)
  4. Harry Potter e o Cálice de Fogo, (2000)
  5. Harry Potter e a Ordem da Fênix, (2003)
  6. Harry Potter e o Enigma do Príncipe, (2005)
  7. Harry Potter e as Relíquias da Morte, (2007)

Li os cinco da lenda de Musashi , escrito por Eiji Yoshikawa . Ele dividiu sua obra em sete livros: A Terra, A Água, O Fogo, O Vento, O Cêu, As Duas Forças e A Harmonia Final. Destes, os cinco primeiros são uma referência ao gorin, os cinco elementos básicos que se compõe, segundo o Budismo, toda e qualquer matéria, ou ainda os ciclos por que passa o espírito humano para alcançar a perfeição.

musashi

Tenho seis livros da Ellis Petters, mas já li outros das Cronicas de Cadfael:

chronicles

Do autor George R. R. Martins tem as Crônicas de Gelo e Fogo, que parece infinita, li os cinco livros:

A Gerra dos Tronos -1996

A Fúria dos Reis – 1998

A Tormenta de Espadas – 2000

O Festim dos Corvos – 2005

A Dança dos Dragões – 2011

As_Crônicas_de_Gelo_e_Fogo_livros

A série do Romain Rolland, que tem suas 2200 páginas de história distribuidas em três volumes no Brasil, mas em outros países são os cinco livros separados – Jean Christophe:

jean-christophe-romain-rolland-vila-nova-de-gaia

 

Boas dicas de leitura! 😉

 

 

“Cada Traço é Único.” <3

O livro O Coração do Pincel de Kazuaki Tanahashi, com 156 páginas, fala sobre a arte, poesia, escritos, idéias e vivências desse artista que gosta de inovar provocando os críticos de sua arte. Ele descreve de forma poética, como o observador da arte deve pensar e sentir para entender o processo do artista, não apenas ver a arte. Ele achava que a beleza era um obstáculo à arte.

Trechos do livro: Esse trecho mostra o quanto ele era irônico o que sua arte representa para as pessoas: “O gerente de hóspedes do mosteiro zen em Tassajara, California, telefonou-me um dia: “Acabamos de notar que a pintura do círculo que você nos deu tem escrito, no verso, o seguinte título: ‘Quadrado’. Você fez de propósito ou foi um engano?” “Ah, não me lembro”, repliquei. “Mas acho que é um título fantástico. Por favor, mantenha-o.”

“Numa pintura de um só traço não há muito espaço para a composição. Apenas desenhe uma linha em qualquer ponto de um pedaço de papel. Restam ainda assim, vastas possibilidades do que pode vir a ocorrer, dependendo do quanto o pincel ficou embebido de tinta…”

“A pintura sem espaço negativo é como música sem silêncio. Para que a música tenha intensidade, a parte silenciosa deve ser bem executada…”

circulos

Aonde vamos parar? :/

meninos  bandeira-derretendo

O livro Meninos sem Pátria do Luiz Puntel, com 127 páginas conta a história de um jornalista que durante a ditadura militar, por escrever sobre crimes em seu jornal, teve que mudar de país várias vezes, porque para os países onde fugia, também tinham problemas políticos. Então mostra a vida do pré-adolescente Marcos e seu irmão, filhos desse jornalista, que têem que deixar sua escola, seus amigos, seu amor de infância, para viver a vida nômade de seu pai. E conta com a ajuda de vários amigos para superar as dificuldades.

Lemos isso nos jornais, de famílias que se mudam do país, porque foram feitas reféns em sua própria casa, ou foram assaltados, ou sofreram violência. Ainda não podemos sair às ruas à noite, porque os ladrões nos dão “o toque de recolher”.  A falta de leis mais rigorosas, nos faz ler notícias de desaparecidos e mais mortos do que um país em guerra. :/

Quer resenha? Clique Aqui.