Para descontrair =)

foto238

Lendo mangá para descontrair essa montanha de drama que andei lendo ultimamente! Anohana é a história de um clube de amigos que sofre uma baixa, mas esse personagem não sai da história. Com 216 páginas lidas ao contrário 🙂 neste primeiro volume ficamos conhecendo cada sócio do clube e como cada um cresceu após a tragédia que acontece com a garota.

Não me empolgou pra continuar a leitura.

HQ Nacional

Capa_da_graphic_novel_O_beijo_no_asfalto

A HQ O Beijo no Asfalto de Nelson Rodrigues, com 69 páginas e desenhos de Gabriel Góes, foi enviado às bibliotecas escolares pelo programa FNDE. Mesmo sendo uma adaptação, acho o texto pesado para o público de séries iniciais. Nem mesmo as ilustrações são para o público infantil.

O texto fala de incesto, traição, uso de palavrões e todo o linguajar típico do Nelson, conhecido pelas adaptações de seus textos no teatro, na televisão e no cinema. Não li o texto integral, portanto  achei o texto meio confuso, como se faltasse informações importantes; alguns diálogos, talvez. Acho que o próprio Nelson iria proibir esse texto em escolas. =)

Quer resenha? Clique Aqui.

Quadrinhos =)

street        street_fighter_legends_sakura_3

Li os três primeiros volumes da série Street Fighter Legends. A história começa superficial, a tradução não é boa, mas os desenhos…. ❤    A arte final é linda! Não sei se esse é um extra do original Street Fighter, porque achei muito diferente da história de um jogo de mesmo nome dos anos 90.

Adoro gibis e quadrinhos e mangás , e quero incluir mais grafic novel nas minhas leituras.

Me senti assistindo um filme do Tarantino, muito mais do tipo Kill Bill. =)

MAUS É TUDO DE BOM!

maus

Desculpe o trocadilho, mas realmente a história é ótima o que torna os desenhos fantásticos!

Não sou fã de quadrinhos em preto e branco. Já tive vontade de colorir minha “Toda Mafalda” (sacrilégio!)

Mas esse estilo trash do Maus é muito bom! é como se fizesse parte da história.

maus

O desenho tem detalhes de cada personagem em cada quadro. Olhe como, enquanto dois conversam,

a mãe corrige o filho que derrubou a comida na mesa!

Então, deixe o preconceito de lado e leia as 10 primeiras páginas. Tenho certeza que, como eu, você

vai terminar o livro em dois dias.