Projeto Leitura Compartilhada #2

20190623_122339_00004719755899419144579.png

Nosso segundo Projeto de Leitura Compartilhada, com início em 01/07/2019 e finalizando em 31/07/2019 com a leitura de Judas O Obscuro do autor inglês Thomas Hardy. A minha edição em inglês é da Penguin Popular Classics em paperback com 490 páginas. A edição contém uma mapa que mostra a localização das cidades da história e um prefácio escrito pelo autor para a primeira edição em 1896.

Este é o nosso cronograma:

Projeto Leitura Compartilhada

Post #5 – Leitura Terceira parte

Post #4 – Textos de Apoio 1

Post #3 – Segunda Parte

Post #2 – As Primeiras 100 páginas

Post #1 – Apresentação do Projeto.

*******************************

PROJETO I – JANEIRO 2016

“A tudo que é mortal – à morte, que tudo iguala e pacifica – ao mar onde se perdem os rios inumeráveis da vida, ofereço a minha obra e a mim mesmo.” Romain Rolland

Meu primeiro desafio para 2016 será ler essa “trilogia” que contém os sete livros que compõem a história de JEAN-CHRISTOPHE, um músico do século 19, meio biografia-ficção, foi lançado primeiro em um jornal de Paris, de 1904 a 1912. Escrito por Romain Rolland– que também escreveu biografias de Tolstói, Michelangelo, Gandhi e Bethoven- este livro ganhou o Grande Prêmio de Literatura da Academia Francesa em 1913 e em 1916 foi laureado com o Prêmio Nobel.

jean-christophe-volume-i-romain-rolland-8525041955_200x200-pu6e6af883_1

5978291_1gg

livro-jean-christophe-vol3-romain-rolland-152311-mlb20513650438_122015-o

A minha edição são esses três volumes, com capas lindíssimas. A primeira capa e a segunda são de Claude Monet, a terceira é de Paul Gauguin, da Editora Globo.

O que é uma leitura compartilhada? Me lembro que na época da escola, eu tive ótimas professoras de Língua Portuguesa e Literatura. A turma era dividida em cinco ou seis grupos e cada grupo devia ler um livro indicado e fazer uma análise do mesmo: o que gostei? o que não gostei? qual o problema apresentado? qual a solução dada? quais as palavras difíceis? qual os personagens principais e secundários? quais suas características físicas e psicológicas? Então nós apresentávamos lá na frente – com muita timidez normal nessa idade (10-12 anos), compartilhando a nossa impressão a respeito do livro e da história. Eu, como nerd total, lia o livro do meu grupo e todos os outros. Essa é a idéia principal: você não tem tempo de ler todos os livros bons que existem, então leia o máximo que puder e os outros….você conhece através dos compartilhamentos de jornais, revistas, web, sites, vlogs e conversa entre amigos. É assim que deve ser. 😀

group

A Planilha de previsão de leitura, postada lá em cima, está disponível pra download aqui no blog, na página Projetos. você pode utilizar pra suas próprias leituras e idéias. A minha proposta é criar um post por semana, contando sobre a quantas anda a história, citar os melhores trechos e se você não gosta de spoiler, sinto muito, mas não sei definir exatamente o limite que te faz perder a curiosidade por uma boa história. Romeu e Julieta e Dom Casmurro estão aí pra provar que uma boa história vai ser sempre lida, refilmada, recontada, mesmo que todo mundo saiba como termina. =)

Post #1.

Post #2.

Post #3.

Post #4

Post #5

Post #6

Post #7

Post #8

Post #9

Post Final

Anúncios

Lendo em Inglês

Decidi ler alguns livros curtos em Inglês para voltar com as leituras nesse idioma. Pra livros maiores prefiro fazer “shadow reading“, onde eu leio e ouço o áudio em inglês. Mas nem toda história eu encontro o áudio.

O livro Seven é uma adaptação da história de Andrew Kevin Walker, que virou um ótimo filme nas mãos de David Fincher em 1996. Com apenas 52 páginas conta a história de um policial que vai se aposentar em 7 dias. Ele recebe um parceiro novo que veio do interior pra trabalhar na cidade grande. Uma série de crimes é entregue à dupla para investigar e o antigo detetive descobre que os crimes são baseados nos 7 pecados capitais. E cada crime faz a vítima “pagar” pelo pecado.

Mesmo já tendo assistido o filme, a história é realmente de explodir com o cérebro do leitor. São tantos detalhes que se unem formando um thriller psicológico incrível. Vale a pena ler o livro Level 4 e ver o filme.

…passe a garrafa!

juventude 2

Nesse livro delicioso do autor britânico de origem polonesa Joseph Conrad, participamos de uma conversa numa mesa de bar em que o protagonista nos conta suas aventuras marítimas quando era jovem com as ilustrações de Walter Ono: esse ilustrador realmente sabia da história! O narrador que está nessa mesa de bar com seus amigos, todos saudosos da juventude, conta como se tornou auxiliar de um capitão num navio que supostamente ia para Bankoc; navio em estado deplorável que a juventude dele romantizou e transformou a viagem cheia de perigo, acidentes, mortes, tempestades…em uma aventura para lembrar que na juventude tudo vale a pena. =)  Também tem um filme de 2005.

juventude

Mudando o Final ;)

 

O livro perdas e Danos da autora Josephine Hart com 207 páginas é uma história de como a idade não traz sabedoria: os homens ficam mais bobos conforme o tempo passa. Um homem com uma família bem estruturada, mas sem nenhuma paixão por ela, depois de certa idade, resolve procurar uma paixão nos braços de uma jornalista jovem, bonita e rica, mas com desvio de personalidade. E pra piorar, essa moça é noiva de seu filho. A história instiga o leitor a tentar descobrir como vai terminar essa tragédia; não da forma simples e comum como vemos nos noticiários.

Mas termina exatamente assim: o filho vê os dois juntos e morre. =/

Eu mudaria o final: Ele descobre que ela provocou várias tragédias antes, com seu padrasto, seu irmão, um primo, com o primeiro marido e resolve desmascará-la para salvar seu filho! =D

Quer Resenha? Clique Aqui.

Também tem um filme de 1992 com Jeremy Irons – bom ator e Juliete Binoche – ótima atriz.

As preferências da loucura

O autor Herman Melville escreveu esta short story em 1853, e em 100 páginas consegue incomodar, mostrando como a loucura pode se esconder em pessoas comuns. Um advogado tem seu escritório, onde contrata rapazes para escrever, escriturar, conferir os processos de páginas e páginas. O autor consegue descrever as diferentes características dos quatro personagens que lá trabalham. E, como o personagem de Kafka, esse rapaz se torna um peso que o advogado não consegue se livrar. Narrado pelo advogado, não sabemos o que realmente passa na cabeça do rapaz. Temos a visão única de sua loucura através das reclamações do advogado. E o final triste mostra o desamparo em que o rapaz é deixado. E o personagem do advogado passa o tempo todo tentando convencer o leitor de que ele fez o possível e que o rapaz escolheu esse fim.

Não vi o filme, mas fiquei curiosa sobre.

Para comprar o livro clique Aqui: https://amzn.to/2GkVwAu

 

filme

Reportagem/Ficção

A história se passa nos anos 70, contada como uma reportagem de jornal da escola, o livro As Virgens Suicidas de Jeffrey Eugenides, com 206 páginas nessa versão pocket da L&PM, conta o suicídio das 5 garotas de uma cidadezinha dos Estados Unidos. Este livro também virou um bom filme nas mãos de Sofia Coppola em 1999. O livro é de 1994. Um dos rapazes vizinho dessas meninas, resolve depois de muito tempo recontar a história do suicídio das cinco irmãs e tentar descobrir o motivo do ato e porque ninguém fez nada para ajudá-las. O título remete a uma música, também citada na história. As vezes parece real, na forma jornalística como o narrador tenta apresentar as provas. Assisti o filme logo que saiu – e gostei muito mais que o livro.

Quer resenha? Clique Aqui.

virginsuicides-pyjama03

O Livro indicado por um livro

Quando li o livro A Lenda de Murasaki, a autora disse que este livro e filme foram baseados em seus escritos. Estou falando de Memórias de Uma Gueixa, de Arthur Golden, com 457 páginas. Nos agradecimentos o autor cita Liza Dalby.  Esse livro não teve muito boa-fama durante um tempo entre os webnautas, porque custava menos do que qualquer outro, só vivia em promoção, as páginas são brancas, as letras miúdas, é apenas a forma compacta da primeira versão de 850 páginas…. mas eu gostei! =D e muito do desenrolar da história. Tem todos os caminhos da história: a criança acredita, cresce, vê que foi burra, é traída, se vê em apuros, encontra pessoas que a ajudam e tudo acaba bem, ou quase. É muito clichê? Não porque é uma linguagem diferente quando se fala de um país muito diferente do que estamos acostumados: a história se passa no Japão, onde as crianças pobres são vendidas para se tornarem Gueixas – mulheres que são treinadas apenas para entreter os homens. E as memórias de uma gueixa famosa, são o pano de fundo pra falar da beleza da mulher japonesa, dos mistérios que envolvem as gueixas e do terror da segunda guerra. Quer resenha? Clique Aqui. Também foi lançado um filme magnífico que ganhou 3 Oscars, o prêmio do cinema.

Trechos do livro: “Nunca procuro derrotar o homem a quem estou combatendo…procuro derrotar sua confiança. Uma mente perturbada pela dúvida não pode se concentrar no curso da vitória. Dois homens são iguais – de verdade – só quando ambos tem igual confiança.”