Primeiras Histórias

O livro Bom Dia, Tristeza da autora francesa Françoise Sagan é o seu primeiro livro escrito aos 18 anos. Já foi dito que é meio que autobiográfico. A história, que virou filme em 1957 com David Niven e Deborah Kerr, conta em 127 páginas as férias do verão de 53 da adolescente Cécile e seu pai viúvo bon vivant. Ela é uma adolescente mimada pelo seu pai que deixa ela beber, fumar, leva para os bares noturnos onde passam as noites. Ele arranja namoradas muito mais jovens pra se sentir garotão. E tudo muda quando uma amiga de sua mãe aparece pra passar uns dias com eles. Cécile tem medo de errar perto dela que é muito elegante, fina e aristocrática. Tudo diferente dos amigos hippies e modelos sem cérebro que fazem os amigos de seu pai. Ambígua, Cécile não decide se gosta mais de um ou outro tipo de vida. Fútil e frívola, arranja um namorado, trama com ele, ajudá-la a acabar o romance de seu pai com a Dama, depois que os dois confirmam casamento. E tudo acaba em tragédia.

Contado pela Cécile, temos a visão distorcida de todos os fatos. Nem a própria sabe o que não quer, mas o que ela quer é continuar irresponsável.

Trechos do Livro: “Aliás, não tínhamos as mesmas relações: ela frequentava pessoas finas, inteligentes, discretas, e nós, pessoas barulhentas, irrequietas, das quais meu pai exigia simplesmente que fossem belas ou engraçadas.” “Certas frases criam para mim um clima intelectual, sutil que me subjuga, mesmo se não as penetro em absoluto.” ” Pensei que tinha razão, que eu vivia como um animal, ao bel-prazer dos outros, que era pobre e fraca.” “A liberdade de pensar e de pensar mal e de pensar pouco, a liberdade de escolher minha própria vida…eu não era mais que uma pasta moldável…”

Meu conto favorito =)

O livro de contos Fundo Musical da autora francesa Françoise Sagan conta em 170 páginas 13 contos sobre a desilusão. No primeiro conto, a mulher que gosta de sua vida de casada têm a desilusão de pegar o marido na cama de outra. No segundo conto uma senhora da era vitoriana tem a desilusão de ver seu marido abrir mão de um duelo pela sua honra. La Futura é uma mulher da vida que tem a cidade na mão e pra salvar a vida do filho do Conde, encontra um camponês pra lhe tomar o lugar. A desilusão do conde é descobrir que vale menos que um camponês. O quarto conto mostra a desilusão de um jovem rico que é trocado por um trabalhador durante a guerra. Percurso mostra a cura da desilusão de um senhor que achava que somente as jovenzinhas poderiam lhe dar amor. O sexto conto mostra a desilusão de um homem ao ser deixado por sua segunda esposa da mesma forma que ele deixou a primeira. O sétimo conto mostra a desilusão das jovens casadoiras do século passado. O oitavo conto mostra as desilusões dos judeus que acham que tudo acabou. A Troca é o meu conto favorito, em que uma mulher está pra ser iludida e você quer alertá-la de que o bonito jovem vai roubar e fugir, mas tem uma reviravolta e a desilusão do riso final dele. O décimo conto é a desilusão de um casal que pensa em separação. O 11° conto mostra a desilusão de um morador de rua frente ao amor de uma mulher abandonada. O conto que dá título ao livro mostea a desilusão de um homem que sonha que a música pode salvá-lo. O último conto mostra a desilusão do marido que achava a esposa perfeita até descobrí-la uma esnobe.

Esse é o segundo livro da autora que leio e gosto da forma sarcástica como ela apresenta os defeitos dos personagens.

Lendo em Inglês #3

68e7a47f501a1fa71eee4ae5fd988d40

O livro The Birds da minha autora francesa favorita Daphne du Maurier conta a história de um homem que mora com sua família próximo à praia. Durante o Outono é o melhor período para observar os pássaros que se aproximam, principalmente as gaivotas, com seus brilhantes olhos amarelos. Um dia ele percebe uma movimentação diferente nos pássaros. Eles se aproximam da praia mas não se alimentam. Ficam aguardando. Naquela noite em casa, um pássaro invade sua janela e o ataca. Ele começa a observar a rebelião dos pássaros se formando. Ele coloca madeira em todas as portas e janelas. Ao ouvir o rádio ele descobre que isso está acontecendo em várias partes do mundo. Ele sobe ao telhado para observar e descobre que os pássaros se movimentam conforme a maré: se aproximam quando ela sobe e se afastam quando ela desce. No período de baixa ele aproveita para rodar a cidade em busca de comida; todos na cidade estão mortos e sem os olhos. Ele retorna antes da maré subir novamente. Os pássaros continuam atacando, o rádio já não transmite nenhum sinal, ele sabe que sua família é a única sobrevivente. Até quando?

O livro em inglês da Penguin Readers é do Elementary Level, de fácil leitura.

Também há um filme de Alfred Hitchcock que foi apenas baseado na história. O filme de 1963 tem umas cenas toscas de crianças sendo atacadas na rua. Os efeitos especiais eram o máximo para a época, mas não funciona agora. Prefiro o livro que deixa as cenas fortes apenas subentendidas.