Maratona Literária =)

Maratona forçada: o estado onde moro – Espirito Santo – está em estado de caos com a PM em greve, exército nas ruas, estoque de água e comida…. Então, vamos ler!

O livro escolhido foi O Pintassilgo, da Donna Tartt, com 719 páginas, vencedor do Prêmio Pulitzer lançado em 2013. A história começa empolgante com o garoto, que conta sua história, indo ao museu com a mãe, e ao se afastar dela, o museu sofre um atentado e explode. Ele fica preso com um idoso que pede pra ele “salvar” a tela do passarinho que dá título ao livro e levar para seu parceiro de negócios numa casa de antiguidades. Citado como aluno inteligente, avançado em turmas na escola, com alto QI, mostra que nas coisas simples da vida, ele é um idiota. As dez primeiras páginas te deixa com gosto de quero mais. Há muitas descrições de obras de arte e de restaurações de móveis em um antiquário, pra quem gosta e conhece as obras, é um paraíso. ❤

Aí a história começa com dramas adolescentes, muita droga, efeito das drogas, delírios provocados pela droga, roubo, morte, armas, álcool, capítulos inteiros. De coitadinho, passa a egoísta rico, com a namorada socialite, frequentando a alta roda, mas totalmente niilista.

E todo o mistério do começo do livro? Pois é, sem solução. Sem juntar as pontas soltas. Não precisa prestar atenção nos detalhes, porque eles não aparecem novamente na história. A história é sobre o passarinho, como no título. Até aparece um “arco de redenção” onde a devolução da obra traz uma recompensa vantajosa e a devolução do dinheiro pago pelos objetos falsificados. Mas são apenas algumas linhas da história. Quer resenha? Clique Aqui.

Trechos do livro: “…eu era fascinado por estranhos, queria saber o que comiam, em que tipo de prato, que filmes viam e que músicas ouviam, queria olhar debaixo da cama deles, em suas gavetas secretas…”, “…embora soubesse quão sortudo eu era, ainda assim era impossível eu me sentir feliz ou mesmo grato pela minha boa sorte.”, “…estar com ele era saber que a vida era cheia de possibilidades incríveis e ridículas – muito maiores do que qualquer coisa que ensinavam na escola.“, “…assim como a música é o espaço entre as notas…assim como o sol bate entre as gotas de chuva num determinado ângulo e lança um prisma de cores pelo céu – da mesma forma o espaço onde existo…cria algo sublime.”

A capa do livro esconde muito da pintura original e da corrente que prende o pássaro, tão citada na história. Pintura do holandês Carel Fabritius (1622-1654).

Anúncios

Um pensamento sobre “Maratona Literária =)

  1. Tenho muita curiosidade sobre esse livro, mas me desanimo um pouco pelas 719 páginas… Parece que vou ter de interromper o mundo para poder lê-lo!
    Obs. Boa sorte no E.S., espero que fique tudo bem logo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s