AUTORES PREMIADOS SÃO SEMPRE UMA BOA LEITURA?

Retomando alguns livros deixados de lado, demorei muito para finalizar A Filha do Burgomestre,

de Steven Ozment, 240 páginas. Relata a história real de Anna baseada em documentos, cartas e

processos juridicos do ano de 1525. É narrado em forma de romance em algumas partes. O autor é um historiador,

portanto tem muitas páginas de notas, a maioria em alemão, por ser uma aldeia da Alemanha o local

onde se passa a história.

Steven Osment é professor de História antiga e moderna em Harvard, prestigiada Universidade.

Já ganhou prêmios como historiador e escritor. Mas não acho que a narrativa seja par qualquer

leitor. É interessante ver como uma mulher era tratada de forma desigual como proteção.

Livro indicado por um amigo advogado porque estava vendo exatamente o mesmo assunto do livro, fala

sobre questão de herança mal dividida.

Foto0891[1]

“Embora sem um final feliz, nossa história não deixa de apresentar algumas saudáveis lições. Naquela era

distante, assim como nos dias atuais, a racionalidade e a loucura andavam juntas, tão real e importante uma como a outra.”

Quer resenha? Veja aqui. =)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s